As pesquisas científicas do Serviço Social: o papel do CNPq

Daniella Borges Ribeiro

Resumo


http://dx.doi.org/10.1590/1982-02592017v20n2p184

Este artigo tem como objetivo traçar um panorama das pesquisas do Serviço Social financiadas pelo CNPq entre os anos de 2011 a 2014. É uma pesquisa de cunho documental, de abordagem quali-quantitativa. Constatamos que das 7.512 propostas submetidas pelas ciências sociais aplicadas, 355 (4,7%) eram do Serviço Social e das 2.421 propostas aprovadas, 118 (4,9%) eram do Serviço Social. A partir do levantamento realizado, foi possível descrever os temas estudados pelo Serviço Social, cujo destaque foi dado às políticas sociais com ênfase no campo da saúde. Além disso, discutimos as implicações da indução estratégica da pesquisa presente nos editais de apoio à pesquisa do CNPq, além de abordarmos aspectos relacionados às parcerias entre o público e o privado que se fortalece mediante o financiamento com recursos públicos de pesquisas em instituições privadas e as implicações destas medidas para a produção de conhecimentos e a formação profissional na área.


Palavras-chave


Pesquisa; Serviço Social; Universidade; CNPq; Autonomia científica.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/%25x

R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Common Adota a licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.