Tendências das mudanças da proteção social no Brasil e no Uruguai: a centralidade das redes mínimas na América Latina

Autores

  • Alejandra Pastorini UFRJ - Rio de Janeiro - RJ
  • Inés Martínez Udelar - Montevideo

Palavras-chave:

Capitalismo contemporâneo, Questão social, Proteção social

Resumo

O objetivo deste trabalho é compreender as alterações na lógica que orienta o trato das manifestações da questão social na atualidade, tomando como referência a realidade do Brasil e do Uruguai. Inicia-se pela análise das mudanças contemporâneas nas sociedades capitalistas, prestando especial atenção nas alterações dos princípios que estruturam a proteção social. Dessa forma, identifica-se algumas tendências das reformas nas políticas sociais nos governos progressistas que se consolidam na virada do século.

Biografia do Autor

Alejandra Pastorini, UFRJ - Rio de Janeiro - RJ

Professora do Departamento de Política Social e Serviço Social Aplicado da Escola de Serviço Social da UFRJ.

Inés Martínez, Udelar - Montevideo

Mestre em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Professora do Departamento de Trabajo Social da Universidad de la República (Udelar).

Downloads

Publicado

2014-06-02