Potencialidades e obstáculos à construção de territórios sustentáveis no estado de santa catarina

Paulo Freire Vieira, Ademir A. Cazella, Claire Cerdan, Carolina Andion

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2175-7984.2009v8n14p335

 

Marcada pela valorização criativa e endógena dos recursos locais, a trajetória de desenvolvimento do estado de Santa Catarina combinou a riqueza embutida na herança cultural da colonização européia, as vantagens da pequena propriedade agrícola e a busca de flexibilidade face às pressões e oportunidades exercidas pela dinâmica do conjunto da economia brasileira. A pequena produção em todas as suas formas, a baixa intensidade das intervenções governamentais, o empreendedorismo coletivo e a valorização da produtividade do trabalho desempenharam um papel importante, relativamente aos demais estados brasileiros, nas ações coletivas voltadas para o desenvolvimento local. Todavia, já no início dos anos 1980 essa trajetória começou a apresentar sinais de esgotamento, exigindo uma avaliação criteriosa e atualizada (i) dos limites daquilo que passou a ser conhecido como o modelo catarinense de desenvolvimento e, por implicação, (ii) dos espaços de manobra que vêm sendo abertos, no bojo do atual cenário de globalização econômica e cultural, para a definição de políticas públicas alternativas, inspiradas nos princípios do desenvolvimento territorial sustentável. Este artigo vai ao encontro dessa demanda, sintetizando os resultados parciais alcançados por um projeto de pesquisa franco-brasileira apoiado pelo Acordo CAPESCOFECUB. O texto oferece subsídios exploratórios para o entendimento dos desafios que cercam a definição de um novo estilo de desenvolvimento para o estado. Além disso, identifica um leque de iniciativas emergentes que poderiam servir como pontos de referência para o planejamento de territórios rurais sustentáveis nos próximos anos.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7984.2009v8n14p335

Direitos autorais 2009 Política & Sociedade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Visite nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/revistapoliticaesociedade/

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Revista Política & Sociedade - ISSNe 2175-7984
Florianópolis - SC - Brasil

CNPq CAPES