Reeleição para a Câmara dos Deputados brasileira em 2006 e as incertezas do sistema eleitoral

Autores

  • Alvaro Augusto de Borba Barreto UFPel

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7984.2011v10n19p167

Palavras-chave:

Reeleição, Renovação parlamentar, Sistema político, Câmara dos Deputados

Resumo

A pesquisa relaciona o sucesso ou o fracasso na tentativa de reeleição dos deputados federais no pleito de 2006 com a votação individual e o posicionamento de cada um na lista, comparados a 2002, na tentativa de verificar se a performance em alguns desses indicadores pode ser a garantia para a manutenção do mandato parlamentar. São encontradas situações correspondentes a cada uma das oito combinações possíveis, as quais, ao serem analisadas, demonstram que não há fórmula de sucesso na atual configuração do sistema eleitoral: fazer mais votos e/ou melhorar o posicionamento na lista não são suficientes para a manutenção do mandato, bem como desempenho negativo em comparação ao pleito anterior não elimina esta possibilidade.

Biografia do Autor

Alvaro Augusto de Borba Barreto, UFPel

Professor do Instituto de Sociologia e Política, Pelotas, Universidade Federal de Pelotas. Email: albarret.sul@terra.com.br

Downloads

Publicado

2011-10-29

Edição

Seção

Artigos