Fatores que contribuíram para a reeleição da presidente Dilma Rousseff

Autores

  • Diogo José Dalpoz Martins
  • Fernanda Helen Mansano
  • José Luiz Parré
  • Wander Plassa

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7984.2016v15n32p145

Palavras-chave:

Eleições presidenciais, Bolsa Família, Econometria espacial.

Resumo

O presente artigo procura analisar, partir da utilização de métodos de econometria espacial, os principais fatores que levaram à reeleição da presidente Dilma Rousseff nas eleições presidenciais de 2014. Além disso, procura averiguar se a presença de prefeitos e governadores de mesmo partido beneficiou sua candidatura. Os resultados apresentados indicam quea candidata recebeu a maioria dos votos nos municípios menos desenvolvidos, com renda per capita menor, maior taxa de analfabetismo e desemprego, sendo também beneficiada pela presença de governador da mesma coligação. Outro ponto analisado foi, a partir de Regressão Ponderada Geograficamente (RPG), o efeito do programa Bolsa Família em cada município brasileiro. A variável se mostrou estatisticamente significativa, em sua maioria, nos municípios das regiões Sul e Sudeste.

Biografia do Autor

Diogo José Dalpoz Martins

Mestre em economia pela universidade estadual de Maringá (UEM). 

Fernanda Helen Mansano

Mestre em economia pela universidade estadual de Maringá (UEM).

José Luiz Parré

Professor titular do departamento de economia da universidade estadual de Maringá (UEM).

Wander Plassa

Doutorando em economia pela faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto - FEA-RP/USP.

Downloads

Publicado

2016-07-01

Edição

Seção

Dossiê Temático