A Teoria Crítica e os novos desafios contemporâneos: globalização, cosmopolitismo e democracia

Fernando Perlatto

Resumo


As últimas décadas têm testemunhado um crescimento significativo de reflexões sobre a globalização e o cosmopolitismo no campo da teoria social. Dentre os esforços realizados nesse sentido, destacam-se os trabalhos de autores vinculados à teoria crítica, a exemplo de Jürgen Habermas, Nancy Fraser, Seyla Benhabib e Craig Calhoun. No presente artigo, objetivamos analisar suas reflexões sobre essas temáticas, demonstrando como suas obras mais recentes, a despeito das diferenças e particularidades, se aproximam no sentido de buscarem compreender de maneira dialética, à luz da teoria crítica, os processos de globalização e de configuração do cosmopolitismo intensificados nos últimos anos. Pretendemos demonstrar que suas reflexões sobre essas temáticas contribuem para a construção de uma perspectiva crítica ao cosmopolitismo e à globalização contemporânea, sem que isso resulte no abandono de um projeto universalista, democrático e emancipatório.


Palavras-chave


Teoria crítica; Globalização; Cosmopolitismo; Democracia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7984.2016v15n34p110

Direitos autorais 2016 Política & Sociedade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Visite nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/revistapoliticaesociedade/

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Revista Política & Sociedade - ISSNe 2175-7984
Florianópolis - SC - Brasil

CNPq CAPES