Entretenimento nas ambiências midiáticas do espetáculo

Autores

  • Edson Farias Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7984.2017v16n35p178

Palavras-chave:

Diversidade Cultural, Audiovisual, Entretenimento, Ambiências Midiáticas, Evento-Espetáculo, Desfile de Carnaval, Rio de Janeiro

Resumo

O escopo desta análise figurativa-processual é a correlação entre comunicação e diversidade cultural. Primeiramente, discorre-se sobre o lugar da imagem na cultura ocidental contemporânea. Afirma-se, então, que o audiovisual está inserido nas transações entre as redes sócio-humanas e maquínicas que não apenas dão suporte e interpelam as formas e os meios de simbolização, mas também correspondem a um exemplar tardio dessa mesma interação. A análise recai, ainda mais especificamente, na interação da produção audiovisual com outros modos de produção e circulação de bens simbólicos, em especial na montagem das ambiências midiáticas, no ato mesmo da recomposição de outros modos de simbolização como conteúdos desses ambientes sociotécnicos. O exame da convergência de mídia televisual e o evento-gênero lúdico-estético carnavalesco do Desfile das Escolas de Samba cariocas demonstra que, na reconstituição da ambiência no evento, é possível observar mecanismos do entretenimento contemporâneo e, especialmente, o (mecanismo de atribuição de) valor cultural a uma determinada expressão social.

Biografia do Autor

Edson Farias, Universidade de Brasília

Pesquisador do Conselho Nacional de Pesquisa – CNPq. Professor adjunto do Departamento de Sociologia da
Universidade de Brasília e do Programa de Pós-Graduação em Memória: Sociedade e Linguagem da Universidade
Estadual do Sudoeste da Bahia. Líder do grupo de pesquisa Cultura, Memória e Desenvolvimento (CMD/
UnB). Editor da revista Arquivos do CMD. E-mail: nilos@uol.com.br.

Downloads

Publicado

2017-06-09

Edição

Seção

Dossiê Temático