Notas sobre o conservadorismo: elementos para a definição de um conceito

Autores

  • Helga Gahyva Departamento de Sociologia do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IFCS/UFRJ)

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7984.2017v16n35p299

Palavras-chave:

Pensamento Conservador, Revolução Francesa, Igualdade, Liberdade, Mudança Social

Resumo

O presente artigo inspira-se nos usos pouco precisos do conceito de conservadorismo na contemporaneidade. Quais características, afinal, definem o pertencimento a essa corrente de pensamento? Para responder à questão, optou-se pela construção de uma visão ideal típica da filosofia conservadora por meio da qual foi possível destacar suas principais premissas. Para tanto, privilegiou-se a análise do conceito em movimento, ou seja, em diálogo com alguns de seus mais destacados expoentes.

Biografia do Autor

Helga Gahyva, Departamento de Sociologia do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IFCS/UFRJ)

Doutora em Sociologia pelo Iuperj/Ucam. Professora adjunta do Departamento de Sociologia do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IFCS/UFRJ) e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia (IFCS/UFRJ). E-mail: helga.gahyva@gmail.com

Downloads

Publicado

2017-06-09

Edição

Seção

Artigos