Quem tem documentos sobre a ditadura? Uma análise da legislação e das iniciativas governamentais.

Vitor Amorim de Angelo

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2175-7984.2012v11n21p199

 

Partindo da campanha publicitária do Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil (1964-1985), nosso objetivo neste trabalho é discutir o posicionamento do governo federal em relação aos arquivos da ditadura militar. Para tanto, recuperamos o longo debate iniciado no mandato de FHC em torno da divulgação dos documentos sigilosos produzidos pela ditadura. A reconstrução desse debate e a análise crítica da campanha publicitária nos permitiu apontar os limites e as contradições da atuação do governo brasileiro nessa questão.


Palavras-chave


Ditadura; Documentos; Campanha publicitária

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7984.2012v11n21p199

Direitos autorais 2012 Política & Sociedade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Visite nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/revistapoliticaesociedade/

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Revista Política & Sociedade - ISSNe 2175-7984
Florianópolis - SC - Brasil

CNPq CAPES