A educação e a pergunta pelos Outros: diferença, alteridade, diversidade e os outros “outros”

Carlos Bernardo Skliar

Resumo


No conjunto de questões que nos fazem pensar/imaginar que está se criando uma mudança significativa na educação brasileira de hoje, a questão do outro, dos outros, parece ocupar tanto um lugar de privilégio quanto de uma renovada banalização. Assim, três questões parecem traçar as linhas divisórias nos discursos pedagógicos atuais: 1) trata-se, por acaso de um outro que nunca esteve aqui? 2) trata-se, de um outro que volta somente para nos contar as suas histórias de discriminação e exclusão? ou; 3) trata-se, talvez, de um “eu escolar” que, simplesmente, se dispõe a hospedar e/ou se inquieta somente pela estética da sua própria hospedagem, mas que não se interessa pelo outro? Neste artigo me proponho discutir algumas das imagens do outro que recorrem os discursos educativos e escolares e, em particular, discutirei a questão do “outro com necessidades educativas especiais”.


Palavras-chave


Outro (Teoria do conhecimento); Others minds (Theory of Knowlodge)

Texto completo:

PDFA


P.Vista, eISSN 2175-8050, UFSC, Florianópolis, SC, Brasil.

 

 

Creative Commons License
Ponto de Vista: Revista de Educação e Processos Inclusivos, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-8050 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >