Revelação diagnóstica da deficiência mental e cotidiano familiar

Autores

  • Adarzilse Mazzuco Dallabrida UNISUL - Palhoça - SC

Resumo

Este artigo discute a problemática da revelação diagnóstica e da etiologia da deficiência mental nas ações futuras dos pais. Os resultados fazem parte da pesquisa intitulada "O portador de deficiência mental profunda na concepção da mãe". Os dados coletados através de entrevista semi-estruturada apontam que as reações iniciais à descoberta da deficiência estão vinculadas a dois fatores, a perda do filho idealizado e o medo do desconhecido. Sobre a etiologia, constata-se que as mães justificamse, descrevendo fatos que as eximam da responsabilidade de ter causado a deficiência do filho.

Biografia do Autor

Adarzilse Mazzuco Dallabrida, UNISUL - Palhoça - SC

Mestrado em Educação Especial (Educação do Indivíduo Especial) pela UFSCAR (1996) e doutorado em Educação (EHPS) pela PUC - SP (2006). Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Downloads

Publicado

2000-01-01