O processo de criação do Programa de Promoção de Acessibilidade da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL)

Autores

  • Adriano Henrique Nuernberg UFSC - Florianópolis - SC

Palavras-chave:

Educação inclusiva, Acesso livre aos deficientes, Ensino superior

Resumo

A inclusão de alunos com deficiência no contexto do ensino superior exige um trabalho coletivo de superação de barreiras informacionais, comunicacionais, pedagógicas, instrumentais, metodológicas e atitudinais, cuja presença leva a desvantagens significativas na apropriação do conhecimento e na formação profissional destes acadêmicos. Neste trabalho, é relatada uma experiência de intervenção que permitiu a alunos com deficiência melhores condições de acesso ao conhecimento e de estabelecimento de trocas sociais no ambiente universitário. Desenvolvida numa universidade privada de Santa Catarina, essa experiência resultou no aprimoramento da capacidade de inclusão de alunos com deficiência, mais precisamente dez pessoas cegas e/ou com baixa visão, cinco pessoas com surdez, três pessoas com deficiência física e duas com mobilidade reduzida. Os resultados apontam para importância do investimento institucional na acessibilidade, como forma de promover a consolidação da cultura inclusiva no contexto do ensino superior.

Biografia do Autor

Adriano Henrique Nuernberg, UFSC - Florianópolis - SC

Doutor em Ciências Humanas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professor do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

2008-01-01

Edição

Seção

Relato de Experiência