Bas Van Fraassen y la Ley de Hardy-Weinberg: una discusión y desarrolo de su diagnóstico

Pablo Lorenzano

Abstract


http://dx.doi.org/10.5007/1808-1711.2008v12n2p121

O objetivo deste trabalho é discutir e desenvolver o diagnóstico que efetua van Fraassen (1987, p. 110) da lei de Hardy-Weinberg, de acordo coo qual esta: 1) não pode ser considerada uma lei a ser utilizada como un axioma da teoria genética de populações, pois é uma lei de equilíbrio que só vale sob certas condições especiais, 2) só determina uma subclasse de modelos, 3) sua generalização resulta vácua e 4) variantes complexas da lei podem ser deduzidas para pressupostos mais realistas. A discussão e desenvolvimento deste diagnóstico será levada a cabo tomando como base noções propostas por outra das concepções semânticas afim daquela desenvolvida por van Fraassen, a saber: a concepção estruturalista das teorias, e uma reconstrução da genética clássica de populações no marco de uma tal metateoria, também apresentada neste trabalho.


Keywords


Van Fraassen; Lei de Hardy-Weinberg; Genética clássica de populações; Concepção estruturalista das teorias; Lei fundamental; Especialização



DOI: https://doi.org/10.5007/1808-1711.2008v12n2p121

Copyright (c)

 http://www.periodicos.ufsc.br/public/site/images/jconte/logo-nel1_154

Principia: an internationnal journal of epistemology
Published by NEL - Epistemology and Logic Research Group
Federal University of Santa Catarina - UFSC
Center of Philosophy and Human Sciences – CFH
Campus Reitor João David Ferreira Lima
Florianópolis, Santa Catarina - Brazil
CEP: 88040-900

 ISSN: 1414-4217
EISSN: 1808-171

e-mail: principia@contato.ufsc.br