Participação científica da mulher em Ciência Política e Relações Internacionais no Brasil

Marcos Vinícius Isaias Mendes, Ariane Cristine Roder Figueira

Resumo


Este artigo mapeia a participação das mulheres na produção científica brasileira nas áreas
de Ciência Política e Relações Internacionais, no período de 2006 a 2016. Para isso, foram criados seis indicadores, a fim de medir a participação das mulheres na produção de dissertações de mestrado, teses de doutorado e artigos científicos, bem como sua participação como docentes de programas de pós-graduação e sua presença em conselhos editoriais de importantes revistas científicas brasileiras nesses campos. Os resultados revelaram que, apesar de haver uma crescente participação das mulheres nos últimos anos, o espaço que ocupam ainda está sub-representado, especialmente quando se considera posições estratégicas relacionadas ao ensino e pesquisa.


Palavras-chave


Mulheres; Participação; Gênero; Ciência Política; Relações Internacionais

Texto completo:

PDF/A (English)


DOI: https://doi.org/10.1590/1806-9584-2019v27n254033

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Licença Creative Commons
A Revista Estudos Feministas está sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Revista Estudos Feministas, ISSN 1806-9584, Florianópolis, Brasil.