A dor, a glória e o charme butch de Esther Newton

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1806-9584-2019v27n265259

Biografia do Autor

Carlos Eduardo Henning, FCS / PPGAS / UFG

Carlos Eduardo Henning é Professor Adjunto (Classe C, Nível 1) de Antropologia no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) e na Faculdade de Ciências Sociais (FCS) da Universidade Federal de Goiás (UFG). Foi coordenador do curso de Licenciatura em Ciências Sociais na FCS/UFG (2016-2018). Foi também coordenador da área de Antropologia na FCS/UFG (2014-2016). É pesquisador do Ser-Tão - Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão em Gênero e Sexualidade e do NEPEV - Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão em Envelhecimento. Desenvolve atualmente um período de pós-doutoramento no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da USP (2018-) e no Institute of Latin American Studies da Columbia University in the City of New York (2019-). Doutor em Antropologia Social pela UNICAMP (2014). Mestre em Antropologia Social pela UFSC (2008). Foi "visiting scholar" durante o estágio doutoral sanduíche na University of California Santa Cruz (2011-2012). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana, Antropologia das Relações de Gênero e Sexualidade, Antropologia do Curso da Vida e da Velhice. Suas pesquisas abordam temas como: relações de gênero, sexualidade, homoerotismo, relações intergeracionais, envelhecimento, meia idade, velhice, sociabilidades, territorialidades, apropriações sociais do espaço e marcadores sociais da diferença como idade/geração, gênero, sexualidade, classe, raça e corporalidades. É pesquisador também vinculado ao NUMAS - Núcleo de Estudos sobre Marcadores Sociais da Diferença (PPGAS/USP), ao grupo de pesquisa Gênero e Envelhecimento (IFCH/Unicamp) e ao Transes - Núcleo de Antropologia do Contemporâneo (PPGAS/UFSC). Sua tese "Paizões, Tiozões, Tias e Cacuras: envelhecimento, meia idade, velhice e homoerotismo masculino na cidade de São Paulo" foi indicada pelo PPGAS/Unicamp ao prêmio ANPOCS de melhor tese em 2015. Ademais, sua tese foi recentemente aprovada para publicação em livro em co-edição entre as Editoras da Unicamp e da UFG e o manuscrito se encontra atualmente em processo de adaptação. Seu artigo "Is Old Age Always Already Heterosexual and Cisgender? The LGBT Gerontology and the formation of the LGBT Elders" - publicado na Revista Vibrant em 2016 - recebeu menção honrosa no Prêmio Carlos Monsiváis (área de Ciências Sociais) da Seção de Sexualidades da LASA - Latin American Studies Association em 2017. ORCID: orcid.org/0000-0003-2103-2821 (Texto informado pelo autor)

Referências

BUTLER, Judith. 2003 [1990]. Problemas de Gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira.

NEWTON, Esther. 1979 [1972]. Mother Camp: Female Impersonators in America. Chicago, IL: University of Chicago Press.

____________. 1993. Cherry Grove, Fire Island: Sixty Years in America’s First Gay and Lesbian Town. Durham, NC: Duke University Press.

____________. 2000. Margaret Mead Made Me Gay: Personal Essays, Public Ideas. Durham, NC: Duke University Press.

____________; WALTON, Shirley. 1976. Womenfriends: A Soap Opera. New York: Friends Press.

RUBIN, Gayle. 1975. The Traffic in Women: Notes on the ‘political economy’ of Sex. REITER, Rayna. Ed. Toward an Anthropology of Women. New York: Monthly Review Press.

__________. 1984. Thinking Sex: notes for a radical theory of the politics of sexuality. VANCE, Carole. Ed. Pleasure and Danger. New York: Routledge and Kegan Paul.

__________2018a. Esther Newton Made Me a Gay Anthropologist. American Anthropologist. Vol. 120, No. 4. December.

__________. 2018b. Estudando Subculturas Sexuais: Escavando as etnografias das comunidades gays em contextos urbanos da América do Norte. Teoria e Cultura. Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, UFJF, V. 13, N. 1, Junho. [Disponível em: ojs2.ufjf.emnuvens.com.br/TeoriaeCultura/article/view/12413/6606].

__________. 2016. Geologias dos estudos queer: um déjà vu mais uma vez. Sociedade e Cultura, Goiânia, v. 19, n. 2, p. 117-125, jul./dez. [Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fchf/article/view/48676/23898].

VANCE, Carole. (Ed.) 1984. Pleasure and Danger: exploring female sexuality. Boston: Routledge & Kegan Paul.

VENCATO, Anna Paula. 2002. Fervendo com as Drags: corporalidades e performances de drag queens em territórios gays da ilha de Santa Catarina. Dissertação de Mestrado em Antropologia Social, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, UFSC, Florianópolis. [Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/84381/183795.pdf?sequence=1].

Downloads

Publicado

2019-09-05

Edição

Seção

Resenhas