Um movimento (auto)biografado

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1806-9584-2021v29n172141

Referências

ALEIXO, Isabela. “O que a autobiografia de Angela Davis nos ensina sobre racismo epistêmico no Brasil”. Geledés - Instituto da Mulher Negra. 24/04/2019. Disponível em https://www.geledes.org.br/o-que-a-autobiografia-de-angela-davis-nos-ensina-sobre-racismo-epistemico-no-brasil/. Acesso em 09/01/2020.

DAVIS, Angela. Uma autobiografia. Trad. de Hecci Regina Candiani. São Paulo: Boitempo, 2019.

MÍDIA NINJA. #AoVivo Angela Davis em São Paulo. YouTube, 21/10/2019. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=xK9yHUaVRe4. Duração: 2h40’30’. Acesso em 10/01/2020.

TV PUC-Rio. “A “Escrevivência” na Literatura Feminina de Conceição Evaristo”. YouTube. 16/05/2017. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=z8C5ONvDoU8. Duração: 14’59’. Acesso em 08/01/2020.

Downloads

Publicado

2021-07-21

Edição

Seção

Resenhas