FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE OBSTETRIZES E ENFERMEIRAS OBSTÉTRICAS: VELHOS PROBLEMAS OU NOVAS POSSIBILIDADES?

Autores

  • Maria Luiza Gonzalez Riesco Universidade de São Paulo
  • Maria Alice Tsunechiro Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0104-026X2002000200014

Palavras-chave:

obstetriz, enfermagem obstétrica, ensino

Resumo

Refere-se às transformações na formação profissional de parteiras, obstetrizes e enfermeiras obstétricas no Brasil, desde a criação dos cursos de parteiras vinculados às escolas médicas, no século XIX, até as mais recentes experiências, mediante cursos de especialização em enfermagem obstétrica. Discute os modelos de formação dos profissionais que existem em outros países, considerando tanto o ensino independente da obstetrícia como a modalidade vinculada aos cursos de enfermagem. Apresenta proposta de um curso de obstetrícia para ser oferecido por escolas de enfermagem.

Downloads

Publicado

2002-01-01

Edição

Seção

Dossiê