Quando raça conta: um estudo de diferenças entre mulheres brancas e negras no acesso e permanência no ensino superior

João Bôsco Hora Góis

Resumo


Este artigo examina diferenças entre mulheres negras e brancas no ensino superior no Brasil. Com base em dados coletados na Universidade Federal Fluminense discutimos as razões pelas quais negras e brancas ocupam diferentes posições na hierarquia acadêmica.


Palavras-chave


Raça; Sexo; Educação superior

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-026X2008000300002

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Licença Creative Commons
A Revista Estudos Feministas está sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Revista Estudos Feministas, ISSN 1806-9584, Florianópolis, Brasil.