Sobre a Marcha Mundial das Mulheres: entrevista com Nalu Faria

Autores

  • Carmen Susana Tornquist Universidade Federal de Santa Catarina
  • Soraya Resende Fleischer Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0104-026X2012000100016

Resumo

Entrevista

Biografia do Autor

Carmen Susana Tornquist, Universidade Federal de Santa Catarina

é graduada em Licenciatura Plena em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS,
1986), mestre em Sociologia Política (1992) e doutora em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC, 2004). Trabalhou como professora da rede pública e, desde 1991, é professora efetiva na área de Ciências Sociais, no Centro de Ciências Humanas e da Educação, da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).
Participa da comissão editorial da REF e do Grupo de Pesquisa sobre Subjetividades, Gênero e Cultura Contemporânea (Transes) da UFSC, e faz parte do Grupo de Pesquisa em Família e Gênero da UDESC. Atua no Mestrado em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socioambiental (profissionalizante) da UDESC, na linha Sociedade e Natureza. Trabalha atualmente com os seguintes temas: movimentos sociais, gênero, antropologia da saúde e socioantropologia urbana.

 

Soraya Resende Fleischer, Universidade de Brasília

é Professora Adjunta do Departamento de Antropologia da Universidade de Brasília (UnB). Bacharel em Ciências Sociais (1997) e mestre em Antropologia Social pela Universidade de Brasília (2000) e doutora em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, 2007), com ênfase em Antropologia da Saúde, do Corpo, do Adoecimento e da Cronicidade.

Downloads

Publicado

2012-05-31

Edição

Seção

Ponto de Vista