Histórias de vida de mulheres HIV+ ativistas: mudanças e permanências

Autores

  • Flávia Fernandes de Carvalhaes Universidade Federal de Santa Catarina
  • Fernando Silva Teixeira Filho Universidade Estadual Paulista, Assis

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0104-026X2012000200003

Palavras-chave:

Aids, Gênero, Ativismo

Resumo

Nesses anos de seu reconhecimento, a aids tem obrigado a desnaturalizar questõessociais e culturais construídas historicamente e que são parte dos signos, das normas e doscódigos que balizam a estrutura e a organização da sociedade, impondo outros olhares enovas perspectivas para a complexidade de questões relacionadas aos gêneros, aos corpos eà cultura. Considerando essa conjuntura, esta pesquisa foi realizada com quatro mulheres HIV+ativistas no movimento de aids com o objetivo de apreender suas concepções sobre a doença,os contextos de vulnerabilidade que possibilitaram sua infecção, suas vulnerabilidades àreinfecção e as mudanças e permanências nos campos afetivo-conjugal e da maternidade, apartir da experiência da doença e da militância.

Biografia do Autor

Flávia Fernandes de Carvalhaes, Universidade Federal de Santa Catarina

É doutora em CiênciasSociais pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, 2009), professora Adjunta da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Desenvolveupesquisa de pós-doutorado sobre conjugalidade e migrações de travestis para a Itália na Universitá degli Studi di Milano. Pesquisa sobre gênero, sexualidade, prostituição, migraçõese conjugalidade.

 

Fernando Silva Teixeira Filho, Universidade Estadual Paulista, Assis

É mestre (1993) e Doutor(2000) em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Éprofessor Assistente Doutor junto ao Departamento de Psicologia Clínica da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP-Assis). Trabalha com os seguintes temas: processos de estigmatização e produção da violência; diversidades sexuais;homoparentalidade; adoção; prevenção às DSTs e ao HIV/aids; Psicanálise e Estud

Downloads

Publicado

2012-05-21

Edição

Seção

Artigos