Política, etnia e ritual (o Rio das Rãs como remanescente de quilombos)

Autores

  • Carlos Alberto Steil Programa de Pós-graduação em Antropologia Social,da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (antropólogo e professor)

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Ritual, Politica, Etnia, Negros, Trabalhadores rurais.

Resumo

Partindo de um caso particular: a luta dos moradores do Rio das Ras atom Jesus da Lapa - BA, 1977-1995) pela posse da terra num contexto agrário, este artigo analisa as transformações ocorridas no conflito dos agentes
sociais envolvidos para incorporar um idioma étnico. Em vista de uma compreensão do modo como opera o processo de etnicização, desenvolve a hipótese de que os rituais politicos, realizados em Brasilia como forma de pressão, são dispositivos estruturantes de uma narrativa que está construindo uma identidade positiva da comunidade, enquanto negros
e "remanescentes de quilombos".

Biografia do Autor

Carlos Alberto Steil, Programa de Pós-graduação em Antropologia Social,da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (antropólogo e professor)

Carlos Alberto Steil nasceu em Brusque, SC. É mestre em Teologia pela PUC/RJ (1984) e mestre em Filosofia da Educação pela FGV/RJ (1990) e doutor em Antropologia Social pelo Museu Nacional/UFRJ (1995). Realizou seu Pós-Doutorado na Universidade da Califórnia, San Diego UCSD (2006). Desde 1996, trabalha na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) como professor do Departamento de Antropologia, lecionando nos cursos de Graduação em Ciências Sociais e de Pós-Graduação em Antropologia Social. É pesquisador do CNPq,coordenador do Núcleo de Cultura e Turismo (CulTus) e membro do Núcleo de Estudos da Religião (NER). Seu interesse de pesquisa se concentra nas áreas da antropologia da religião, da política e do turismo. Seu livro, O sertão das romarias: um estudo antropológico sobre o Santuário de Bom Jesus da Lapa, BA (1996), recebeu o premio Silvio Romero. É, ainda, autor de diversas coletâneas sobre temas de antropologia da religião e da política e de artigos publicados em periódicos científicos. Certificado pelo autor em 14/12/11

Downloads

Publicado

1998-01-01

Edição

Seção

Artigos