Repercussões da introdução do sistema de leitura óptica sobre o trabalho do operador de caixa de supermercado

Autores

  • Roberto Moraes Cruz; Universidade Federal de Santa Catarina
  • Arthur Miller Universidade Federal de Santa Catarina
  • Daniela Mondardo Universidade Federal de Santa Catarina
  • Renata Pereira Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Palavras-chave:

Ergonomia, Psicologia do trabalho, Tecnologia de servigos, Leitura ótica, Análise do trabalho.

Resumo

Este trabalho se enquadra na análise dos aspectos ergonômicos e psicológicos associados A. introdução de novas tecnologias no setor
de serviços, considerado atualmente como o principal setor de implementação da informatização do processo de trabalho. 0 foco de
análise foram as mudanças na situação de trabalho no posto de caixa
de supermercado em decorrência da introdução do sistema de leitura
óptica de códigos de barras (SLO) no check out. E o resultado de uma pesquisa realizada entre os meses de março e setembro de 1998, em duas
lojas de uma rede de supermercados, uma das quais com o sistema de leitura óptica implementado, em comparação com a outra, que ainda utiliza
o sistema de registro convencional. Os resultados apontam para uma
definição de políticas de capacitação do trabalho por parte da organização
e mudanças especificas no ambiente e nas atividades do trabalho.

Biografia do Autor

Roberto Moraes Cruz;, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal da Bahia (1989), graduação em Engenharia Civil pela Universidade Católica do Salvador (1985), mestrado em Educação pela Universidade Federal da Bahia (1996) e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001). Atualmente é professor titular da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia do Trabalho e Organizacional, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação psicológica, psicologia do trabalho, medida psicologica, trabalho e saúde ocupacional. Certificado pelo autor em 12/03/12

Arthur Miller, Universidade Federal de Santa Catarina

Universidade Federal de Santa Catarina

Daniela Mondardo, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Tecnologia Ambiental pela Universidade Tecnológica federal do Paraná - Campus Medianeira (2007). Atualmente mestranda de agronomia na área de produção vegetal pela universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).Atuando no seguinte linha de pesquisa: Sustentabilidade em agroecossistemas. Certificado pelo autor em 16/11/09

Renata Pereira, Universidade Federal de Santa Catarina

Universidade Federal de Santa Catarina

Downloads

Publicado

2000-01-01

Edição

Seção

Artigos