Da relação entre a fotografia e a poesia: o caso da expressão poética Piva-Lee

Leonardo David de Morais, Wagner José Moreira

Resumo


Este artigo tem por objetivo analisar no livro Paranoia, a partir do conceito de analogia como formadora da imagem poética e operações metafóricas e metonímicas, a relação entre os poemas do poeta Roberto Piva e as fotografias do artista plástico Wesley Duke Lee. As fotografias de Duke Lee não ilustram meramente os versos de Piva, mas estabelecem um diálogo entre linguagens distintas, baseado em certa tensão. A comparação entre alguns elementos recorrentes tanto nos poemas quanto nas fotografias fornece subsídios para uma fundamentação mais acurada dessas proposições. A intenção é a de contribuir com um olhar analítico sobre mais uma das possíveis relações entre poéticas e tecnologias.


Palavras-chave


Fotografia; Poesia; Roberto Piva; Wesley Duke Lee

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-9288.2014v10n1p249



Direitos autorais 2014 Leonardo David de Morais, Wagner José Moreira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Texto DigitalUniversidade Federal de Santa CatarinaFlorianópolisSanta Catarina, Brasil. ISSNe 1807-9288

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.