Análise comparativa entre escansões manual e automática dos versos de Gregório de Matos

Adiel Mittmann, Samanta Rosa Maia

Resumo


Este artigo compara resultados obtidos a partir de duas escansões do mesmo corpus, a obra poética completa de Gregório de Matos, uma delas feita manualmente e publicada por Rogério Chociay em seu livro Os Metros do Boca, e outra produzida automaticamente pela ferramenta Aoidos. A comparação mostra que existem algumas discrepâncias entre os dois tipos de escansão: o Aoidos encontrou um número significativo de versos a mais, o que evidencia que Chociay pulou alguns poemas; por outro lado, Chociay escandiu corretamente e com propriedade os versos de Gregório, enquanto o Aoidos cometeu alguns erros que um ser humano não cometeria. De toda maneira, os resultados produzidos pela abordagem automática, de um lado, e os advindos do trabalho manual, de outro, produziram resultados compatíveis, o que ressalta a utilidade da ferramenta automática, já que ela escande em poucos minutos o que leva meses para analisar através do processo de leitura habitual. Essa maior presteza nos resultados libera o pesquisador ou estudioso para dedicar seu tempo a atividades menos cansativas e mais nobres, isto é, a análises mais detalhadas, podendo agora dispor, de modo imediato, de grandes quantidades de dados com que trabalhar.


Palavras-chave


Escansão Automática; Poesia; Gregório De Matos

Texto completo:

PDF/A

Referências


BEAUDOUIN, V. Rythme et rime de l’alexandrin classique: Étude empirique des 80 000 vers du théâtre de Corneille et Racine. 2000. Tese (Doutorado) – École des Hautes Études en Sciences Sociales.

CHOCIAY, R. A Identidade Formal do Decassílabo em “O Uraguai”. Revista de Letras, v. 34, p. 229–243, 1994.

CHOCIAY, R. Os Metros do Boca: Teoria do Verso em Gregório de Matos. São Paulo: UNESP, 1993.

CHOCIAY, R. Teoria do Verso. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1974.

DELENTE, É.; RENAULT, R. Traitement automatique des formes métriques des textes versifiés. In: 22ème conférence sur le traitement automatique des langues naturelles, 2015, p. 432–438.

GERVÁS, P. A Logic Programming Application for the Analysis of Spanish Verse. In: 1st international conference on computational logic, 2000, p. 1330–1344.

MAMEDE, N.; TRANCOSO, I.; ARAÚJO, P.; VIANA, C. An Electronic Assistant for Poetry Writing. In: 9th ibero-american conference on artificial intelligence, 2004, p. 286–294.

MATOS, G. de. Gregório de Matos: Poemas Atribuídos, Códice Asensio-Cunha. Edição: João Adolfo Hansen e Marcello Moreira. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2014. v. 3.

MATOS, G. de. Obra Poética. Edição: James Amado. 3a edição. Rio de Janeiro: Record, 1992.

MATOS, G. de. Obras Poéticas de Gregório de Matos Guerra. Florianópolis: Literatura Digital, 2016. Disponível em: . Acesso em: 15 dez. 2016.

MITTMANN, A. Escansão Automático de Versos em Português. 2016. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Santa Catarina.

MITTMANN, A.; WANGENHEIM, A. von; LUIZ DOS SANTOS, A. Aoidos: A System for the Automatic Scansion of Poetry Written in Portuguese. In: 17th international conference on intelligent text processing and computational linguistics, 2016.

NAVARRO-COLORADO, B.; LAFOZ, M. R.; SÁNCHEZ, N. Metrical Annotation of a Large Corpus of Spanish Sonnets: Representation, Scansion and Evaluation. In: 9th international conference on language resources and evaluation, 2016.

ROBEY, D. Scanning Dante’s the Divine Comedy. A Computer-based Approach. Literary and Linguistic Computing, v. 8, n. 2, p. 81–84, 1993.




DOI: http://dx.doi.org/10.5007/1807-9288.2016v13n1p157



Direitos autorais 2017 Adiel Mittmann, Samanta Rosa Maia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Texto DigitalUniversidade Federal de Santa CatarinaFlorianópolisSanta Catarina, Brasil. ISSNe 1807-9288

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.