Desafios do ensino da língua inglesa como língua estrangeira (ILE) em escolas públicas de Santa Cruz, RN

Jennifer Sarah Cooper, João Evangelista Trajano, Lidiane Cristina Souza

Resumo


Este artigo reporta alguns resultados da primeira fase de uma pesquisa-ação sobre a impressão dos desafios de ensino/aprendizagem da língua inglesa como língua estrangeira, dos alunos e professores em 5 turmas, em três escolas públicas no município de Santa Cruz, interior do estado do Rio Grande do Norte. Considerando que o ensino médio tem o índice maior de evasão escolar no Brasil (IBGE, 2010) e que o maior índice de evasão por região no Brasil é no Nordeste (IBGE, 2010), a necessidade de uma análise do contexto em escolas públicas do Nordeste se faz necessário para poder sugerir uma ação que possa combater este problema. A precariedade destes índices nos levou as seguintes questões: 1) quais as impressões dos alunos e professores a respeito dos desafios no ensino/aprendizagem de língua inglesa como língua estrangeira (ILE) no contexto de ensino fundamental e médio em algumas escolas públicas de Santa Cruz? 2) quais práticas pedagógicas ou estratégias podemos sugerir para suprir estes desafios? A partir destas perguntas, foram desenvolvidos os seguintes objetivos: identificar as impressões dos professores e alunos sobre os maiores desafios no ensino/aprendizagem de ILE neste contexto; e 2) sugerir ações pedagógicas que possam ter repercussões positivas para possivelmente combater a evasão escolar neste contexto. O instrumento usado para gerar os dados foi a aplicação de questionários aos 75 alunos em 3 turmas e 5 professores. Os resultados deste levantamento indicam que a impressão dos professores é que lhes faltam ‘estratégias motivadoras’ no ensino/aprendizagem da língua inglesa e que os alunos enfrentam mais dificuldades com a leitura e escrita. Dessa forma, propomos oficinas a partir do projeto de Reading to Learn – accelerated learning and closing the gap – Aprender Ler – aprendizagem veloz e igualando níveis na sala de aula (R2L), “um conjunto de estratégias de ensino da leitura e escrita” (ROSE, 2013 – minha tradução pg. 1) que tem como um dos objetivos de fomentar o sucesso de todos na sala de aula, possivelmente contribuindo à motivação dos aprendizes.


Palavras-chave


Inglês como língua estrangeira (ILE); escola pública Santa Cruz, RN

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8420.2014v15n1p43

Working Papers em Linguística, ISSN 1984-8420, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil

 

CC-by-NC icon
Esta obra está licenciada sob licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.