A competitividade nos Clusters da indústria de borracha do sudeste asiático

Luís Gustavo Mazzaro, Fábio Lotti Oliva, Celso Cláudio Hildebrand e Grisi, Hubert Drouvot, Sérgio Crispim, Marcos Antonio Gaspar

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/2175-8077.2009v11n23p65

 

O objetivo deste trabalho é estudar a competitividade do setor manufatureiro de produtos de borracha da Malásia, através da análise da indústria de luvas médicas. A articulação entre o setor produtivo e o Estado privilegiou a atração de investimentos estrangeiros, o foco nas exportações, a busca da competitividade através da produtividade e da melhor utilização dos recursos. Essas práticas são coerentes com a Teoria dos Aglomerados, pois enfatizam justamente o crescimento sustentado da produtividade e da competitividade, e não a concessão de vantagens temporárias ou concentração empresarial. Tem sido expressiva a atuação das instituições especializadas de pesquisa tecnológica e das associações dos fabricantes para fins de normatização, melhora da qualidade e promoção do produto no exterior. O caso pode servir de contraponto para avaliação das estratégias para o desenvolvimento industrial no Brasil.


Texto completo:

PDF/A


Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso

não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported License.