Camargo Corrêa Cimentos e Loma Negra: uma abordagem baseada no conhecimento

Belmiro do Nascimento João, Adalberto Américo Fischmann

Resumo


O objetivo deste trabalho é apresentar um estudo empírico a partir de um construto teórico de uma abordagem dinâmica de estratégias baseadas no conhecimento (KBV - knowledge-based view) proposta por Sveiby, Linard e Dvorsky (2002) e Sveiby (2001). Os objetos de estudo são as operações da Camargo Corrêa Cimentos, no Brasil, e da Loma Negra, na Argentina, pela análise do desenvolvimento de três famílias de ativos intangíveis (estrutura externa, interna e competência individual). O trabalho apresenta o setor cimenteiro, seu modelo de negócios e criação de valor, bem como o potencial de crescimento de mercados da América Latina e analisa os processos de transferência e conversão do conhecimento entre essas três estruturas de ativos. O resultado é apresentado pela interação de nove estratégias resultando em uma estratégia de maximização da criação de valor. O estudo indica que em uma empresa centrada em recursos e capacidades (RBV) é possível a aplicação desse modelo de KBV.

Palavras-chave


KBV; Conhecimento; Camargo Corrêa Cimentos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.