Metodologia para análise e ampliação da competitividade empresarial

Jose Celso Contador, Carlos Alberto Contador, Marcius Fabius Henriques de Carvalho, José Luiz Contador

Resumo


O artigo apresenta uma nova metodologia para analisar e explicar a competitividade de um
conjunto de empresas e para aumentar a competitividade de uma empresa. Essa metodologia, baseada no modelo de campos e armas da competição, separa a estratégia competitiva de negócio da estratégia competitiva operacional. A primeira é constituída por alguns dos 15 campos da competição, e a segunda, pelas armas da competição. A metodologia utiliza variáveis matemáticas para explicar a competitividade empresarial. A análise da influência das estratégias é feita pelo teste estatístico não-paramétrico de Wilcoxon-Mann-Whitney, teste correlação de Pearson. A metodologia foi aplicada às empresas do pólo têxtil de Americana, donde inúmeras conclusões foram extraídas, entre elas: não é a estratégia de negócio que explica a competitividade empresarial, mas sim as operacionais; para ampliar sua competitividade, a empresa deve aumentar seu foco nas armas que são relevantes para os campos onde decidiu competir.

Palavras-chave


Estratégia; Competitividade; Campos e armas da competição; Indústria têxtil; Strategy; Competitiveness; Fields and weapons of the competition; Têxtil e industry

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.