Governança de Pequenas Empresas Familiares Brasileiras: Aspectos a Considerar no Modelo Adotado

Autores

  • Denize Grzybovski Universidade de Passo Fundo (UPF) Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI)
  • Rodrigo Teixeira Machado Universidade de Passo Fundo (UPF)
  • Enise Barth Teixeira Programa de Mestrado em Desenvolvimento. Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI)
  • Margarete David da Silva Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (FEAC) da Universidade de Passo Fundo (UPF). Bolsista BIC/Fapergs.

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8077.2013v15n37p198

Palavras-chave:

Governança, Modelos, Pequena Empresa, Empresa Familiar

Resumo

O objetivo deste trabalho é discutir o conceito, o modelo e a estrutura de governança, apropriados à gestão de pequenas empresas familiares brasileiras, pois essa governança pode minimizar problemas de agência relativos à família proprietária. Governança é um instrumento de controle e de gestão que coloca em sintonia as empresas e o mercado, o qual contempla a relação da empresa com os stakeholders. Este estudo é uma pesquisa exploratória e descritiva, do tipo estudo de caso, com abordagem qualitativa dos dados. Os resultados indicam que a estrutura de governança adotada na empresa familiar analisada não é condizente com nenhum modelo presente na literatura, a qual enfatiza a grande empresa e a governança corporativa. O caso estudado apresenta particularidades e dinâmica coerentes com as características da família proprietária, com sistemas fracamente estruturados e processo decisório pautado na dinâmica do mercado.

Biografia do Autor

Denize Grzybovski, Universidade de Passo Fundo (UPF) Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI)

Administradora. Doutora em Administração (UFLA). Professora nos cursos de graduação e especialização da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis na Universidade de Passo Fundo (UPF). Professora convidada no Programa de Mestrado em Desenvolvimento da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI). Pesquisadora de empresas familiares, com diversos livros e artigos publicados sobre o tema.

Rodrigo Teixeira Machado, Universidade de Passo Fundo (UPF)

Bacharel em Direito. Especialista em Gestão de Pessoas (FEAC/UPF).

Enise Barth Teixeira, Programa de Mestrado em Desenvolvimento. Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI)

Administradora. Doutora em Engenharia da Produção (UFSC). Professora, pesquisadora e membro do corpo docente do Programa de Mestrado em Desenvolvimento, da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI).

Margarete David da Silva, Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (FEAC) da Universidade de Passo Fundo (UPF). Bolsista BIC/Fapergs.

Acadêmica do curso de Administração da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (FEAC), da Universidade de Passo Fundo (UPF). Bolsista BIC/FAPERGS.

Downloads

Publicado

2013-12-10

Edição

Seção

Artigos