Telecomunicações - quebra do monopólio um estudo de caso

Francisco Damasceno de Pádua Júnior

Resumo


O objetivo deste artigo é demonstrar, de forma sucinta , o pensar e agir de uma organização do setor de telecomunicações, que levaram a tomar decisões embasadas na sua formalização estratégica, considerando o contexto e a ambiência monopolista do início da década de 90, mas que tiveram que ser reconsideradas a partir de 1995 em função de estudos que o setor vinha elaborando visando a privatização formalizada e concluída no fim da década de 90. O artigo procura fazer uma contextualização geral, para depois focar o estudo em um segmento específico desta organização.

Palavras-chave


Telecomunicações; Monopólio; Terceirização; Privatização; Mantenedoras

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.