Escuta psicanalítica no acolhimento em um Centro de Atenção Psicossocial

Conteúdo do artigo principal

Mauricio Lopes da Silva
Graziela Amboni
Dipaula da Silva Minotto
Cristina Adriana Rodrigues Kern
Fabiane Ferraz

Resumo

Para a psicanálise a escuta torna-se o fator chave que liga aquilo que o sujeito é, em suas instâncias psíquicas, com a possibilidade de cura. Evidencia-se por meio da escuta a possibilidade de decifrar o indecifrável, devido à forma de manifestação dos conteúdos inconscientes. Nesta direção, a compreensão do acolhimento em saúde mental envolve a reflexão dos aspectos que englobam o processo desta escuta diferenciada. A Política Nacional de Humanização põe-se a pensar um outro lugar dos sujeitos nas práticas dos dispositivos de saúde, propondo a quebra do modelo hegemônico em saúde, levando a uma nova proposta de acolhimento. O presente estudo tem por objetivo compreender a importância e a concepção da escuta no cuidado em saúde mental pelos profissionais que realizam o acolhimento em um Centro de Atenção Psicossocial do Sul de Santa Catarina. Foram realizadas entrevistas, com cinco profissionais que realizam o acolhimento no serviço, a partir de um roteiro semiestruturado. Para a análise das narrativas, utilizou-se a Análise do Discurso, os princípios da Reforma Psiquiátrica brasileira e da Política Nacional de Humanização, interpelados pelos conceitos da Psicanálise. A partir do discurso dos profissionais conclui-se que, a escuta no acolhimento é reconhecida enquanto afirmação dos processos ético, estético e político da Política Nacional de Humanização pois reconhece o sujeito a partir de sua subjetividade, enquanto sujeito desejante que também diz a partir de seu inconsciente, assim como alguém que também se encontra implicado em seu próprio percurso, levando a estratégias de produção de dignidade e garantia de direitos.

Detalhes do artigo

Como Citar
SILVA, Mauricio Lopes da; AMBONI, Graziela; MINOTTO, Dipaula da Silva; RODRIGUES KERN, Cristina Adriana; FERRAZ, Fabiane. Escuta psicanalítica no acolhimento em um Centro de Atenção Psicossocial. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental/Brazilian Journal of Mental Health, [S. l.], v. 11, n. 29, p. 63–83, 2019. DOI: 10.5007/cbsm.v11i29.69781. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/69781. Acesso em: 28 maio. 2024.
Seção
Artigos originais