Uma ‘verdadeira réplica’: considerações acerca da noção de autenticidade no campo do patrimônio cultural

Autores

  • Leticia Bauer Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7976.2011v18n26p14

Palavras-chave:

Autenticidade, Patrimônio cultural

Resumo

O presente artigo tem por objetivo discutir alguns aspectos relativos à noção de autenticidade no campo do patrimônio cultural, em especial no que se refere aos remanescentes materiais do passado. A partir de pontos de vista diversos, propõe-se a relativização da oposição entre autêntico e inautêntico, buscando localizar nas cópias, reproduções e reconstruções pertinentes objetos de estudo para pesquisadores interessados nas temáticas associadas ao patrimônio cultural na contemporaneidade.

Biografia do Autor

Leticia Bauer, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Historiadora com atuação na área do Patrimônio Cultural. Atuou como pesquisadora do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e dirigiu o Museu das Missões. Nessa instituição, desenvolveu uma série de atividades relacionadas à conservação e divulgação do acervo, além de planejar e desenvolver a primeira etapa do Projeto de Requalificação da Exposição de Longa Duração do Museu. Foi pesquisadora e coordenadora executiva do Projeto Victor Meirelles - Memória e Documentação, desenvolvido pelo Museu Victor Meirelles/ IBRAM/ MinC. Atualmente é doutoranda do Programa de Pós-graduação em História da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Downloads

Publicado

2011-12-02