Astronomia no Meio do Mundo: uma análise Física da visualização de constelações e dos equinócios e solstícios a partir da Latitude Zero

José Nilson da Silva, Marcos Rincon Voelzke, Mauro Sérgio Teixeira de Araújo

Resumo


Embora fenômenos astronômicos façam parte do cotidiano das pessoas, pouco se divulga sobre suas peculiaridades para um observador sobre a linha do equador, como na cidade de Macapá-AP, localizada à latitude zero. Assim, este trabalho visa dar suporte ao ensino de Física tendo como foco a correta difusão de alguns fenômenos astronômicos a partir de um observador à latitude zero, destacando a visualização da esfera celeste e evidenciando quais constelações são visíveis durante o ano, sendo proposta a elaboração de um planisfério para esta latitude. Também são tratados os Solstícios e, mais especificamente, os Equinócios, e suas particularidades para um observador à latitude zero. A abordagem oferecida pode auxiliar professores de Física e de Ciências que atuam na educação básica a explorarem nas escolas esses importantes fenômenos astronômicos.


Palavras-chave


Astronomia; Carta Celeste; Equinócio; Latitude Zero

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2018v35n1p159

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >