Do Sul da Galiza ao Norte de Portugal: uma viagem através da frequência fundamental

Autores

  • Lurdes Castro Moutinho Universidade de Aveiro
  • Elisa Fernandez Rei Universidade de Santiago

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8412.2008v5n1p63

Palavras-chave:

Entoação, AMPER, Galego, Português

Resumo

Este estudo pretende analisar de forma contrastiva a variação prosódica em diferentes estruturas acentuais no sintagma nominal sujeito para dois tipos de frase – declarativo e interrogativo – nas variedades do português europeu (PE) e do galego (Gal.). Os pontos selecionados para a recolha do corpus correspondem a duas zonas urbanas, uma no Norte de Portugal (Braga) e outra no Sul da Galiza (Cangas). Foram analisadas as produções de duas informantes femininas, com escolaridade básica e ambas com mais de 50 anos de idade. A constituição do corpus, recolha e metodologia de análise seguem as diretrizes do projeto AMPER, Atlas Multimédia Prosódico do Espaço Românico (CONTINI et al. 2003), a saber: corpus não lido, extração dos valores de F0, duração e energia das vogais produzidas, recorrendo a aplicações informáticas especialmente concebidas para o projeto AMPER, em ambiente MatLab (ROMANO, 1995 e 1999) e Praat (RILLIARD, 2007).

Biografia do Autor

Lurdes Castro Moutinho, Universidade de Aveiro

Centro de Líguas e Culturas

Área da Linguística Portuguesa - Fonética Experimental

Downloads

Publicado

2008-01-01

Edição

Seção

Artigo