A disciplina de Língua Portuguesa na percepção de três propostas curriculares

Ana Paula Kuczmynda Silveira, Rosângela Hammes Rodrigues

Resumo


Este artigo objetiva analisar os pressupostos teórico-metodológicos que norteiam o ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa nas séries do Ensino Fundamental de três redes municipais do estado de Santa Catarina. A pesquisa foi desenvolvida a partir da análise das propostas curriculares de tais redes municipais de ensino, tendo como base os referenciais educacionais que norteiam atualmente a disciplina, os referenciais teóricos do campo da Linguística Aplicada e os estudos do Círculo de Bakhtin. Em todas as propostas, observa-se a preocupação em apontar o trabalho com o texto e com os gêneros do discurso no âmbito das atividades de leitura/escuta, produção textual e análise linguística como de central importância para que a disciplina cumpra suas finalidades e vá ao encontro das necessidades dos sujeitos que se constituem alunos do ensino fundamental das redes de ensino mencionadas. Todavia, todas as propostas apresentam lacunas e imprecisões relativas à ancoragem teórico-metodológica desse trabalho, o que pode comprometer a maneira como o professor realiza a elaboração didática dos conteúdos de ensino na sala de aula.

 


Palavras-chave


Disciplina de Língua Portuguesa; Proposta Curricular; Texto; Gêneros do Discurso

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2010v7n1p65

Direitos autorais

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil