A constituição dos sujeitos e dos sentidos: do canibal, do homem desnaturado e do governante

Zélia Maria Viana Paim

Resumo


Neste artigo nos propomos a apresentar reflexões acerca da constituição dos sujeitos e dos sentidos no relato de viagem de Álvar Núñez Cabeza de Vaca, Comentários, escrito em 1541 e publicado em 1555. Para tanto nos filiamos à perspectiva teórica da Análise de Discurso, fundada na França por Michel Pêcheux e institucionalizada no Brasil por Eni Orlandi. Neste estudo procuramos mostrar como podemos compreender a constituição mútua entre sujeito, sentido e história. Tratamos, assim, das relações de força que fundam os percursos de produção de sentido para uma sociedade como a nossa a partir de sequencias discursivas recortadas no relato em análise.


Palavras-chave


discurso; sujeito; sentido; história.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2012v9n3p195

Direitos autorais

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil