Reflexões sobre estilo em sociolinguística: um estudo sobre o livro Capão Pecado, de Ferréz

Marco Antônio Rosa Machado

Resumo


Este trabalho tem como objetivo principal elaborar algumas reflexões sobre a noção de estilo em sociolinguística e demonstrar como o estilo atua na constituição e na representação de personae sociais, no interior de grupos sociolinguísticos determinados. Tendo em vista que estilo é concebido em linhas gerais como as diferenciações de comportamento linguístico que iconicamente refletem diferenciações (contrastes) sociais, buscamos analisar algumas ocorrências lexicais no livro Capão Pecado, de Ferréz, para entender como os estilos, os registros linguísticos e a variação dialetal de ordem lexical nele presentes contribuem, em alguma medida, para a constituição identitária do homem que vive na periferia.

Palavras-chave


Sociolinguística; estilo linguístico; variação dialetal.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2013v10n3p194

Direitos autorais

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil