A influência do contexto fonético-fonológico nos valores de Voice Onset Time: verificação de dados de três sistemas linguísticos

Autores

  • Bruno Moraes Schwartzhaupt UFRGS - Porto Alegre
  • Ubiratã Kickhöfel Alves UFRGS - Porto Alegre

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8412.2014v11n1p51

Palavras-chave:

Voice Onset Time, ponto de articulação, qualidade da vogal.

Resumo

O presente estudo investiga os efeitos do ponto de articulação e da qualidade da vogal seguinte no Voice Onset Time (VOT) das plosivas surdas /p/, /t/ e /k/ em posição inicial de palavra. Dez aprendizes brasileiros proficientes em inglês e cinco falantes nativos de inglês americano participaram deste estudo, que verificou produções em português brasileiro (L1), inglês americano (L1) e inglês de aprendizes brasileiros (L2). As palavras-alvo foram inseridas em frases-veículo e medidas através do software Praat (BOERSMA; WEENINK, 2012), com o objetivo de determinar seus valores absoluto e relativo de VOT. Os resultados, alicerçados na descrição de valores absolutos e relativos de VOT, indicam uma tendência já verificada por estudos anteriores de uma correlação direta entre ponto de articulação e valor de VOT: quanto mais posterior o ponto de articulação, mais longo será o VOT. Com relação a efeitos da qualidade da vogal, a anterioridade da vogal que segue a consoante revelou-se como fator que tem influência no valor de VOT.

Biografia do Autor

Bruno Moraes Schwartzhaupt, UFRGS - Porto Alegre

x

Downloads

Publicado

2014-06-07