“Você aprende inglês na escola?” “Daquele jeito, né?”: Percepções sobre o ensino-aprendizagem de língua estrangeira na escola pública

Cristina Helena Miranda, Patrícia Silva Cardoso, Marimar da Silva

Resumo


Inserido na linha de formação profissional reflexiva crítica, este estudo apresenta o resultado de uma investigação conduzida por professores em formação inicial em seu futuro contexto de estágio de docência, a escola pública. A investigação, de base qualitativa interpretativa, proposta pela disciplina de Estágio Supervisionado do Curso de Licenciatura em Letras/Inglês da Universidade Federal de Santa Catarina, na modalidade a distância, busca uma compreensão da escola campo de estágio por meio da percepção de seus atores sobre as práticas de ensino-aprendizagem de língua estrangeira/inglês, visando simultaneamente à elaboração de aulas socialmente situadas para o contexto investigado e à formação do profissional reflexivo e crítico. O corpus, coletado durante o primeiro semestre de 2012, constituiu-se de entrevistas semiestruturadas e conversas informais com os participantes, de notas de campo e do estudo do Projeto Político Pedagógico da escola. O estudo identificou inconsistências entre a proposta teórica do Projeto Político Pedagógico da escola para o ensino-aprendizagem de língua estrangeira/inglês e as percepções que os participantes têm desse processo na prática, e sinalizou um viés para as intervenções pedagógicas. Com base nos resultados, o estudo sugere uma abordagem holística para o ensino-aprendizagem de língua estrangeira/inglês, partindo de temas socialmente relevantes para o estágio de docência no contexto investigado, e valida o modelo de formação reflexivo crítico proposto pela disciplina de Estágio Supervisionado.

Palavras-chave


formação inicial de professores; ensino-aprendizagem de inglês na escola pública; ensino reflexivo crítico.

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2013v10n4p307

Direitos autorais

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil