Formação de professores de língua inglesa a distância: atividades de reflexão em fóruns de discussão

Fernanda Costa Ribas

Resumo


Neste artigo, problematizo questões relativas à formação de professores de língua inglesa, em meio à emersão de novos letramentos, principalmente mediados por tecnologias digitais, a partir de minha experiência como professora e pesquisadora em Cursos de Licenciatura em Letras, nas modalidades presencial e a distância. Embasando-me em referenciais sobre crenças de professores, prática reflexiva, novos letramentos e formação de professores para o uso de tecnologias, focalizo minha experiência de elaboração de material instrucional para um Curso de Graduação em Letras, na modalidade a distância, descrevendo algumas atividades desenvolvidas sob a forma de fóruns de discussão. Assim, objetivo discutir maneiras de promover a reflexão de futuros professores sobre suas crenças e experiências, e a integração dessas com conceitos e teorias de ensino, permitindo que estabeleçam ligações entre teoria e prática, na prática, ou seja, por meio de sua participação em atividades online de uma disciplina de Estágio Supervisionado em Língua Inglesa.


Palavras-chave


Crenças; Prática Reflexiva; Formação de Professores; Fóruns; Educação a Distância

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-8412.2016v13n1p1037

Direitos autorais 2016 Fórum Linguístico

Creative Commons License

Esta publicação está regida por uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Fórum Linguístico, ISSNe 1984-8412, Florianópolis (Santa Catarina), Brasil