A internacionalização a partir de ações de um Programa de Extensão Universitária do Sul do Brasil

Autores

  • Elisa Novaski Cordeiro Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Fernanda Deah Chichorro Baldin Universidade Tecnológica Federal do Paraná
  • Jeniffer Imaregna Alcantara de Albuquerque Universidade Tecnológica Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8412.2021.e72640

Palavras-chave:

Português sem Fronteiras, Internacionalização, Instituições de Ensino Superior, Português para Falantes de Outras Línguas

Resumo

O presente artigo se propõe a apresentar e analisar as ações do Programa de Extensão Universitária de Português para Falantes de Outras Línguas (PFOL) da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), do campus Curitiba (CT), como contribuições para a discussão das micro e macropolíticas de Internacionalização nas Instituições de Ensino Superior (IES). Além disso, interessa-nos discutir ações empreendidas pelo Português sem Fronteiras (PsF), articuladas ao PFOL. Para tanto, faremos análises à luz de teóricos que conceituam internacionalização (TAVARES et al., 2016; BORGES et al. , 2018; PAZELLO, 2019) e de autores que propõem novos olhares para políticas de internacionalização de línguas não hegemônicas, como é o caso do português (DINIZ; BIZON, 2016; BORGES et al., 2018; LEAL; MORAES, 2017; FINARDI; GUIMARÃES, 2017; PICCIN; FINARDI, 2019).

Biografia do Autor

Elisa Novaski Cordeiro, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Doutora em Estudos Linguísticos na UFPR. Professora efetiva do curso de letras inglês na UTFPR-CT. Atua nas seguintes áreas: ensino de língua espanhola, ensino de português para falantes de outras línguas e produção textual na universidade.

Fernanda Deah Chichorro Baldin, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Doutoranda em Estudos Linguísticos na UFPR. Professora efetiva do curso de letras inglês na UTFPR-CT. Atua nas seguintes áreas: ensino de língua espanhola, ensino de português para falantes de outras línguas e produção textual na universidade.

Jeniffer Imaregna Alcantara de Albuquerque, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Doutora em Estudos Psicolinguistica na UFRGS. Professora efetiva do curso de Letras Inglês na UTFPR-CT. Atua nas seguintes áreas: ensino de língua inglesa e ensino de português para falantes de outras línguas.

Referências

BALDIN, F. D. C.; CORDEIRO, E. N. O processo de formação inicial de professores de português para falantes de outras línguas na UTFPR-CT: Integração entre prática pedagógica e teoria. Revista Línguas e Letras, v. 18, n. 39, p. 96-111, 2017.

BECKER, M. R. et al. O desafio do ensino de português para falantes de outras línguas - PFOL - na UTFPR. In: SEI - SEMINÁRIO DE EXTENSÃO E INOVAÇÃO DA UTFPR, 1., Curitiba, 2011. Anais... Curitiba: UTFPR, 2011.

BRASIL. I Encontro internacional do idiomas sem fronteiras: internacionalização e multilinguismo na educação superior do Brasil. Brasília, 2016. Disponível em: http://isf.mec.gov.br/images/2016/agosto/Idiomas_sem_Fronteiras.pdf. Acesso em 23 mar. 2020.

BIZON, A. C. C. Narrando o Celpe-Bras e o convênio PEC-G: a construção de territorialidades em tempos de internacionalização. 2013. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2013.

BORGES, B. et al. A internacionalização da educação superior no Brasil: uma revisão sistemática. In: ENCONTRO INTERNACIONAL DE GESTÃO, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO, 2., Naviraí, 2012. Anais...Naviraí, 2018.

CALVET, L. J. As políticas linguísticas. São Paulo: Parábola Editorial, 2007.

CALVET, L. J. Le marché aux langues. Les effets linguistiques de la mondialisation. Paris: Plon, 2002.

FINARDI, K.; GUIMARÃES, F. F. Internacionalização, rankings e publicações em inglês: a situação do Brasil na atualidade. Estudos em Avaliação Educacional, v. 28, n. 68, p. 600-626, 2017.

HAESBAERT, R. O mito da desterritorialização: do “Fim dos Territórios” à multiterritorialidade. Rio de Janeiro: Editora Bertrand Brasil, 2004.

LEAL, F. G.; MORAES, M. C. B. Internacionalização curricular no sul-global: uma perspectiva crítica a partir dos conceitos de redução sociológica e de epistemologias do Sul. RESUR – Revista de Educación Superior del Sur, v.3, n.1, p.1-26, 2017.

PAZELLO, E. Internacionalização na UTFPR: da cereja do bolo às duas pontas do iceberg. 2019. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2019.

PICCIN, G. F. O.; FINARDI, K. R . A internacionalização a partir de diferentes loci de enunciação: as concepções de sujeitos praticantes do Currículo Profissional. Trabalhos em Linguística Aplicada, v. 58, p. 313-340, 2019.

TAVARES, M.; RUBIN-OLIVEIRA, M.; PEZARICO, G.. Internacionalização da educação superior: perspectivas de expansão na UTFPR. In: SEMINÁRIO NACIONAL UNIVERSITAS/BR, 24., Maringá, 2016. Anais...Maringá: Editora, 2016.

Downloads

Publicado

2021-04-06