A transição de contribuidor individual para líder: a experiência vivida pelo professor universitário

Autores

  • Fabiula Meneguete Vides da Silva FACE-UFGD
  • Cristiano José Castro de Almeida Cunha UFSC

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2012v5n1p145

Palavras-chave:

Contribuidor individual, Líder universitário, Transição, Experiência vivida.

Resumo

Este trabalho objetiva compreender o processo de transição do contribuidor individual (professor) para líder (reitor ou pró-reitor) em universidades. A abordagem fenomenológico-hermenêutica de van Manen (1990) foi utilizada a fim de retomar os principais temas desta experiência. Seis ex-gestores universitários emprestaram suas experiências vivenciadas em universidades pertencentes à Associação Catarinense das Fundações Educacionais (ACAFE), através das entrevistas em três tempos preconizadas por Seidman (1998), realizadas entre maio de 2009 e março de 2010. Recorrendo às entrevistas transcritas, foi possível resgatar nove grandes temas centrais, que representam as experiências que os professores entrevistados viveram: a estrutura universitária: um dos desafios; a agenda do líder universitário; o relacionamento interpessoal: a diversidade nas e das relações; a falta da pesquisa e da sala de aula; mudando o olhar: a necessidade da visão do conjunto; buscando qualificação profissional: “um divisor de águas”; o tempo: “meu inimigo número um”; o ambiente de trabalho; e sofrendo. Os dados encontrados revelam temas úteis para a compreensão da experiência vivida na transição de professores para líderes universitários, contribuindo para pensarmos em políticas de recursos humanos, a fim de minimizarmos os aspectos negativos vividos pelos professores, como também para ampliarmos as pesquisas que levem em conta a temática da transição nas universidades.

Downloads

Publicado

2012-01-01

Edição

Seção

Artigos