A universidade está contribuindo para a igualdade de gênero? Um olhar sobre a percepção dos docentes de pós-graduação

Autores

  • Susana Gauche Farber
  • Miguel Angel Verdinelli
  • Mehran Ramezanali

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2012v5n4p116

Palavras-chave:

Gênero, Igualdade, Desigualdade, Universidades

Resumo

O princípio da igualdade, fundamental aos direitos humanos, é sabidamente um pressuposto do desenvolvimento social e econômico com harmonia das nações. E, neste sentido, o papel das instituições deve ser bastante contributivo, destacando-se dentre elas a universidade, pois é ai que se formam cidadãos, profissionais e professores de todos os níveis da educação formal. Em face disto, o objetivo geral do artigo é analisar a percepção que têm da igualdade e desigualdade de gênero, na academia, os docentes que atuam em universidades comunitárias de Santa Catarina, em programas de pós-graduação stricto sensu acadêmicos. Para tanto o design da pesquisa foi um levantamento com sete professores de três cursos desta natureza. Cabe destacar que este trabalho representa uma parte de uma pesquisa maior. Os dados foram obtidos com entrevistas em profundidade e submetidos à análise do discurso. Os resultados demostram que há desigualdade nesse âmbito, mesmo que sútil ou invisivelmente. Associam-se com isto comportamentos patriarcais, os que afetam e dificultam seu desempenho profissional. Os resultados respeito de suas visões sobre a universidade e sua contribuição para a igualdade, salientam quão importantes são estas instituições para o esclarecimento, criação de oportunidades e igualdade, bem como, para a promoção de mudanças.

Downloads

Publicado

2012-01-01