Sustentabilidade das políticas e estratégias para a educação superior no Brasil: uma análise sob a ótica da teoria dos sistemas autopoiéticos

Autores

  • Angela Cristina Correa Universidade Federal de Santa Catarina
  • Lucas Veiga Ávila Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
  • Vitor Francisco Schuch Jr. Universidade Federal de Santa Maria - UFSM
  • Lucia Rejane Da Rosa Gama Madruga Universidade Federal de Santa Maria -UFSM
  • Celina Hoffmann Universidade Federal de Santa Maria
  • Rolf Hermann Erdmann Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

DOI:

https://doi.org/10.5007/1983-4535.2015v8n2p153

Palavras-chave:

Educação brasileira, Políticas, Estratégias, Sistemas aupoiéticos

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar a abordagem da sustentabilidade na trajetória da educação superior no Brasil sob os fundamentos da teoria dos sistemas autopoiéticos. Trata-se de um estudo exploratório de caráter qualitativo, que buscou identificar os principais fenômenos que determinaram a trajetória e evolução histórica das políticas e estratégias para a educação superior. No que se refere à evolução da Educação Superior, pode-se verificar que ocorreu de forma tardia, passando as Universidades por um amplo processo de legislação e vários acontecimentos marcantes. A ótica da Sustentabilidade, em especial a Educação para Sustentabilidade, está em processo evolutivo. Como resultados mais expressivos, as evidências apontam que o Brasil tem sido um forte aliado da Organização das Nações Unidas - ONU, na busca do fortalecimento de estratégias e ações para a sustentabilidade; importante ator para a criação de normas de certificação como a ISO; inserção de novas politicas de avaliação e controle na educação pelo Ministério da Educação - MEC e seus conselhos; criação do planejamento para as instituições de ensino, denominado de Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI; inclusão da educação ambiental nas diretrizes curriculares de cursos de nível superior entre outros; novos processos e politicas para a qualificação do ensino; novos modelos de gestão, em especial para a operacionalização do PDI em Instituições de Educação Superior (IES).

Biografia do Autor

Angela Cristina Correa, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutora em Engenharia da Produação - UFSC

Coordenadora do projeto Mapa Estratégico da Educação Superior

Lucas Veiga Ávila, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Mestrando em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Bolsista no projeto Mapa Estratégico da Educação Superior - MEES

Vitor Francisco Schuch Jr., Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Doutor em Educacação - UNICAMP

Professor do Programa de Pós-graduação em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria - PPGA/UFSM

Lucia Rejane Da Rosa Gama Madruga, Universidade Federal de Santa Maria -UFSM

Doutora em Agronegócios  -UFRGS

Professora do Programa de Pós-graduação em Administração pela Universidade Federal de Santa Maria - PPGA/UFSM

Celina Hoffmann, Universidade Federal de Santa Maria

Mestranda no Programa de Pós-graduação em Engenharia da Produção da Universidade Federal de Santa Maria

Rolf Hermann Erdmann, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Doutor em Engenharia de Produção - UFSC

Professor do Programa de Pós-graduação em Administração - UFSC

Downloads

Publicado

2015-05-13

Edição

Seção

Artigos