Plano de gestão de logística sustentável e seus indicadores: o conteúdo mínimo de divulgação, conscientização e capacitação nas universidades federais

Samyra Cordeiro Franco, Rosamaria Cox Moura-Leite, Milena Missiano Cameron, José Carlos de Jesus Lopes, Vera Luci Almeida

Resumo


O objetivo deste estudo é identificar as práticas desenvolvidas pelas Universidades Federais Brasileiras (UF's) relacionadas ao conteúdo mínimo de Divulgação, Conscientização e Capacitação (DCC), de seus Planos de Gestão de Logística Sustentável (PLS) e seus respectivos indicadores. A norma que trata do PLS exige a incorporação de quatro conteúdos mínimos, quais sejam: atualização do inventário que tenham um menor impacto ambiental para substituição; práticas de sustentabilidade e racionalização do uso de materiais e serviços; responsabilidades, metodologia de implementação e avaliação do plano e, por fim, as ações de DCC. Contudo, neste estudo, são tratadas apenas as ações de DCC. A fim de alcançar o objetivo proposto, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa, com base em estudos bibliográficos e documentais. Os resultados demonstram que, possivelmente, por questões culturais, a maioria dos gestores públicos brasileiros dos PLS das UF`s possui dificuldades em implantar o Plano e publicar seus Relatórios de Acompanhamento. Ficou evidente o desconhecimento sobre a importância de indicadores, como instrumento de monitoramento.


Palavras-chave


Administração pública; Sustentabilidade; Instituições de ensino superior; Meio ambiente; Justiça ambiental

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2017v10n4p204

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, ISSN 1983-4535, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista GUAL, encaminhe um e-mail para revistagual@gmail.com.

 This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.