Política de interiorização do ensino superior: taxa de sucesso na graduação na Universidade Federal do Paraná

Ricardo Leitoles Corrêa, Décio Estevão do Nascimento

Resumo


Visando a democratização da educação superior no Brasil, foram implementadas diversas políticas públicas. Entre elas a expansão/interiorização do ensino superior público, impulsionada principalmente pelo Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais - REUNI. O propósito do programa era ampliar o acesso e permanência dos estudantes na educação superior. O objetivo desse artigo é avaliar a eficácia da interiorização do ensino superior no âmbito da Universidade Federal do Paraná após 2007 por meio da taxa de sucesso na graduação dos cursos e polos localizados fora da capital do estado. Esse indicador foi estabelecido para avaliação do programa REUNI e também se encontra no Plano Nacional da Educação. O estudo se configura como uma pesquisa descritiva, adotando uma abordagem quantitativa e  se utiliza de indicador para análise dos dados. Para o cálculo da taxa de sucesso, foi utilizada a metodologia proposta pelo Tribunal de Contas da União. A partir dos resultados da pesquisa, pode-se inferir que o processo de  interiorização da Universidade Federal do Paraná contribuiu para a redução da taxa de sucesso geral dos cursos de graduação, distanciando-se da meta prevista. Os três polos analisados apresentaram valores inferiores à média da UFPR, sendo que a menor média foi encontrada no campus de Matinhos. 


Palavras-chave


Ensino Superior; Interiorização; Avaliação; REUNI; Taxa de sucesso

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2018v11n3p41

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, ISSN 1983-4535, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista GUAL, encaminhe um e-mail para revistagual@gmail.com.

 This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.