Práticas sustentáveis: estudo de caso em uma instituição de ensino superior

Carol Soares Bezerra de Sá Peixoto, Rodolfo Araújo de Moraes Filho, Ionete Cavalcanti de Moraes, Larissa Gomes Holanda de Sá Vieira, Marlon Esdras Jessé de Souza

Resumo


As Instituições Públicas de Ensino Superior podem ser entendidas como grandes consumidoras de bens e serviços, no caso do Brasil. Para diminuir os impactos negativos desse consumo, essas entidades possuem função primordial na difusão e implantação de ideias sustentáveis. Assim, esse estudo investigou  as práticas sustentáveis adotadas pelos técnicos administrativos da Universidade Federal Rural de Pernambuco – Unidade Acadêmica de Garanhuns (UFRPE/UAG), observando os eixos da Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P), bem como o grau de conhecimento desses servidores sobre temáticas de sustentabilidade na Administração Pública. Utilizou-se como metodologia de abordagem o estudo de caso, sendo a pesquisa classificada como descritiva, de natureza qualitativa. Para o levantamento de dados, aplicou-se um questionário junto aos técnicos administrativos da Unidade e uma entrevista semiestruturada com o Diretor Administrativo. Os resultados demonstraram que na UFRPE/UAG existem várias iniciativas de ações sustentáveis, porém, não se percebeu nenhuma política institucional que vise o desenvolvimento sustentável da organização. Observou-se ainda que, os técnicos possuem conhecimento limitado sobre instrumentos de implantação de práticas sustentáveis, podendo acarretar dificuldades futuras para o estabelecimento dessas ações na Unidade estudada. A partir desses resultados, conclui-se que as medidas de sustentabilidade preconizadas pela A3P ainda não se encontram consolidadas na instituição.

Palavras-chave


Sustentabilidade; Administração pública; A3P

Texto completo:

PDF/A

Referências


ARASAKI, Paula Kaneoya et al. Contribuições da carona solidária no processo de compartilhamento do conhecimento. Revista de Gestão e tecnologia. Florianópolis, SC. v. 6, n. 3, p. 40 – 55, 2016.

ARAÚJO, Carolina Lopes; LUDEWIGS, Thomas; CARMO, Eliane Almeida do. A Agenda Ambiental na Administração Pública desafios operacionais e estratégicos. Desenvolvimento em Questão, Ijuí, v. 13, n. 32, p. 21-47, 2015.

BARBIERI, José Carlos et al. Inovação e Sustentabilidade: novos modelos e proposições. RAE - Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 50, n. 2, p. 146-154,. 2010.

BERNARDES, Leandro dos Santos et al. Sustentabilidade e inovação social: o lixo que gera oportunidades. Revista Gestão e Sustentabilidade Ambiental, Florianópolis, v. 5, n. 2, p. 785-813, 2017.

BOFF, Leonardo. Sustentabilidade: o que é - o que não é. Petrópolis, Rio de Janeiro, 2017

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília.

______. Secretária de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Instrução Normativa Nº 10, de 12 de novembro de 2012.

BRUNDTLAND, Gro Harlem et al. Nosso Futuro Comum. 2 ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1991.

CARVALHO, Denis Barros de; SOUSA, Evangelina da Silva. Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P) e licitações sustentáveis: um estudo no restaurante universitário da Universidade Federal do Piauí. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE GESTÃO UNIVERSITÁRIA NAS AMÉRICAS, 8., 2013, Buenos Aires. Anais... . Florianópolis: Inpeau (instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária), 2013. p. 1 - 16.

COGO, Giselle Alves da Rocha; OLIVEIRA, Ivanir Luiz de; TESSER, Daniel Poletto. Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) - um instrumento a favor da sustentabilidade na Administração Pública. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO, 32., 2012, Bento Gonçalves. Anais... . Bento Gonçalves: ABEPRO, 2012. p. 1 - 10.

DIAS, Marlise There. Construção do conhecimento e metodologia da pesquisa. Natal: [s.n.], 2010. 256p.

DIAS, Andréia Lé. Gestão ambiental na UFBA sob a perspectiva dos eixos temáticos da A3P. 2014. 212 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-graduação em Estudos Interdisciplinares sobre a Universidade, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2014.

ELETROBRAS. Regulamento para concessão do selo PROCEL de economia de energia (revisão – IV). 2013.

FERREIRA, Ana Paula Alf Lima et al. A prática de sustentabilidade: um estudo bibliométrico com relação à percepção dos pesquisadores da área de administração. Revista metropolitana de sustentabilidade, São Paulo, v. 5, n. 3, p. 44-60, 2015.

FREITAS, Claudio Luiz de; BORGERT, Altair; PFITSCHER, Elisete Dahmer. Agenda Ambiental na Administração Pública: uma análise da aderência de uma IFES as diretrizes propostas pela A3P. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE GESTÃO UNIVERSITÁRIA NA AMÉRICA DO SUL, 11., 2011, Florianópolis. Anais... . Florianópolis: UFSC, 2011. p. 1 - 16.

GAZZONI, Fernando et al. A influência de fatores individuais no conhecimento sobre o Plano de Gestão de Logística Sustentável. Revista de Gestão do Unilasalle, Canoas, v. 5, n. 2, 2016.

GAZZONI, Fernando et al. O papel das IES no desenvolvimento sustentável: estudo de caso da Universidade Federal de Santa Maria. Revista GUAL, Florianópolis, v. 11, n. 1, p. 48-70, 2018.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6 ed. São Paulo: Atlas S.A., 2011. 200 p.

HIPÓLITO, Maiza Claudia Vilela et al . Qualidade de vida no trabalho: avaliação de estudos de intervenção. Revista Brasileira Enfermagem, Brasília , v. 70, n. 1, p. 189-197, 2017 .

LIMA, André dos; SLOMSKI, Vilma Geni; ROCHA, Luis Fernando da. da et al. Sustentabilidade empresarial: concepções e ações ambientais de gestores do setor alimentício. Revista razão contábil e finanças, Fortaleza, v. 4, n. 2, p. 139-156, 2013.

LUIZ, Lilian Campagnin et al. Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) e Práticas de Sustentabilidade: Estudo Aplicado em um Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. Administração pública e gestão social, v. 5, n. 2, p. 54-62, 2013.

LUIZ, Lilian Campagnin; PFITSCHER, Elisete Dahmer; ROSA, Fabrícia Silva da. Plano de Gestão de Logística Sustentável: proposição de ações e indicadores socioambientais para avaliar o desempenho nos órgãos públicos federais. Revista de Administração da UFSM, Santa Maria, v. 8, Ed. Especial XVI ENGEMA, p. 08-27, 2015.

MACIEL, Dayane dos Santos Costa; FREITAS, Luciana Santana de. Utilização do método FMEA na identificação e análise dos impactos ambientais causados pelos postos de combustíveis: um estudo de caso. Revista de Administração da UFSM, Santa Maria, v. 7, número 4, p. 570-589, 2014.

MACULAN, Calusa Grendene et al. Implantação da sustentabilidade: a perspectiva dos pró- reitores de uma IFES do interior do estado do Rio Grande do Sul, Brasil. In: FÓRUM INTERNACIONAL ECOINOVAR, 5., 2016, Santa Maria. Anais... . Santa Maria: ECOINOVAR, 2016. p. 1 - 15.

MANDU, Maria Jaqueline da Silva et al. Aplicação de diretrizes da agenda ambiental na Administração Pública: estudo de caso na Universidade Federal Rural de Pernambuco-Unidade Acadêmica de Serra Talhada. In: EDITORA POISSON (Org.). Sustentabilidade e Responsabilidade Social em foco. Vol.2. Belo Horizonte: Poisson, 2018.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MARTINS, Gilberto Andrade; THEÓPHILO, Carlos Renato. Metodologia da investigação científica para ciências sociais aplicadas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009

MAURER, Eduarda Bruna; LANES, Letícia B. F. Práticas sustentáveis em TI. Unoesc & Ciência – ACET, Joaçaba, SC, v. 3, n. 2, p. 187-194, 2012.

MELLO, Leonardo Freire de; OJIMA, Ricardo. Além das certezas e incertezas: desafios teóricos para o mito da explosão populacional. In: ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS POPULACIONAIS, 14., 2004, Caxambu. Anais ... . Caxambu: ABEP, 2004. p. 1 - 23.

MMA. Ministério do Meio Ambiente. A3P-Agenda Ambiental na Administração Pública. 5. ed. Brasília, 2009. 100 p.

______. ______. Cartilha A3P - Como Implantar a A3P. 2. ed. Brasília, 2016. 20 p.

______. ______. Gestão socioambiental nas universidades públicas: A3P. Brasília, 2017. 39 p.

ONU. Organização das Nações Unidas. Agenda 21: Nações Unidas, 1992. Disponível em: < http://www.mma.gov.br/responsabilidade-socioambiental/agenda-21/agenda-21-global>

. Acesso em: 12 abr. 2018.

PEDROSO, Marcelo Caldeira. Casos Sustentáveis. Gv-executivo, [S.L.], v. 6, n. 2, p. 25-29, mar./abr. 2007. Disponível em: . Acesso em: 21 abr. 2018.

PEGORIN, Maria Cristina; SANTOS, Darliene Costa dos; MARTINS, Ivan de Souza Costa. A aplicação da Agenda Ambiental no Setor Público: estudo de caso em uma Instituição da Administração Pública Federal Direta. In: CONGRESSO NACIONAL DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO, 10., 2014, Rio de Janeiro. Anais... . Rio de Janeiro: INOVARSE, 2014. p. 1 - 14.

PEREIRA, Andréia de Souza. Educação superior e sustentabilidade: um estudo sobre a percepção dos atores do campus Alto Paraopeba / UFSJ / MG. 2013. 154 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós Graduação em Administração Pública, Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.

PRADO, Walkiria Cavalcanti. Gestão Participativa A3P (Agenda Ambiental na Administração Pública) na Prefeitura da cidade do Recife: Contribuições da Educação a Distância. 2015. 153 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia e Gestão em EAD) – Universidade Federal Rural de Pernambuco, Unidade Acadêmica de Educação a Distância e Tecnologia, Recife, 2015.

PRADO, André Alves. Economia do consumo de energia em microcomputadores. Janus, v. 2, n. 2, p. 111-121, 2005.

RODRIGUES, Carolina. Empreendedorismo e Sustentabilidade Social na Terceira Idade. In: CONFERêNCIA IBÉRICA DE EMPREENDEDORISMO, 5., 2015, Oeiras. 5ª Conferência Ibérica de Empreendedorismo. Oeiras: Empreend – Associação portuguesa para o empreendedorismo, 2015. p. 67 - 72.

RUFINO, Bruno Hadley Vasconcelos; ANDRADE, José Ibernon Campos de. Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P): Importância e Aplicação para os municípios que compreendem a Área de Proteção Ambiental da Serra de Baturité. Redenção, 2014.

SOARES, Kamyle Braga et al. Critérios de sustentabilidade ambiental na Administração Pública Federal: vantagens e desvantagens com base na Instrução Normativa 01/2010. Conexões, Ciência e Tecnologia, v. 11, n. 3, p. 50-63, 2017 .

UFRPE. Universidade Federal Rural de Pernambuco. Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) UFRPE 2013-2020 - Revisado. Recife, 2017. 203 p.

VELTER, Aline Nadalin et al. O estudo da Sustentabilidade na Administração: um levantamento dos “hot topics” publicados na última década. In: SEMINÁRIOS DE ADMINISTRAÇÃO, 13., 2010, São Paulo. Anais... . São Paulo: SemeAd, 2010. p. 1 - 16.

VOGELMANN JUNIOR, Jorge Carlos. Roteiro Prático de Ações Sustentáveis na Administração Pública. Porto Alegre: ESAF, 2014. 25 p.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.




DOI: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2019v12n2p30

Apontamentos



 

Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, ISSN 1983-4535, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista GUAL, encaminhe um e-mail para revistagual@gmail.com.

 This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.