Mapeamento do clima organizacional em instituição de educação superior

Adelcio Machado dos Santos, Joel Haroldo Baade, Genéia Lucas dos Santos, Edson Donizete Dala Santa, Scheine Neis Alves da Cruz De Bastiani

Resumo


O paradigma constitui o fundamento sobre o qual a comunidade científica desenvolve suas pesquisas, as quais servem de base para o desenvolvimento subsequente da cientificidade. A visão sistêmica possui duas características sistêmicas: a totalidade e o propósito. A primeira estabelece uma visão do conjunto, ou seja, uma organização precisa ser visualizada como um sistema e não separadamente e, o propósito, mostra que é a função que faz a organização, visto que todo sistema possui um objetivo e um propósito para alcançar. O clima organizacional abrange diversos aspectos da conjuntura, que se adiciona reciprocamente em graus diversos, com a modalidade da organização, tecnologia envolvida, as políticas, as metas formais, os regulamentos internos; em suma, fatores estruturais e conjunturais. O artigo em tela projeta luz sobre o mapeamento do clima organizacional em uma instituição de educação superior. A metodologia empregada combina análise quantitativa e qualitativa através de aplicação de questionários. Conclui-se que o mapeamento do clima organizacional é de fundamental relevância para a tomada de decisão na gestão universitária.


Palavras-chave


Universidade; Clima organizacional; Gestão Universitária

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2016v9n1p177

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, ISSN 1983-4535, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista GUAL, encaminhe um e-mail para revistagual@gmail.com.

 This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.