A imagem do PT nas coberturas do caso CPEM

Paulo Roberto Figueira Leal

Resumo


Já em 1997, quando das denúncias de corrupção envolvendo a empresa de consultoria CPEM e prefeituras petistas de São Paulo, as produções noticiosas dos dois principais jornais paulistas enfatizavam (peremptoriamente em O Estado de S. Paulo; hipoteticamente na Folha de S. Paulo) a não diferenciação do PT em relação a outros partidos. Enquanto as escolhas editoriais do Estadão foram preferencialmente por reportagens com estilo editorializado e centradas no Partido dos Trabalhadores, as da Folha enfatizaram as relações promíscuas entre consultorias e prefeituras (não apenas as petistas).


Palavras-chave


Jornalismo político; Enquadramento; Partido dos Trabalhadores; Political journalism; Frame; Worker's Party

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2008v5n1p173

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons