Barreiras às TVs educativas e culturais no Brasil

Mônica Bernardo Schettini Marques

Resumo


 

No presente artigo, procuramos examinar os problemas que afetam as emissoras de TV brasileiras de caráter educativo e cultural, muitas delas designadas como TVs públicas. Procuramos averiguar as barreiras enfrentadas por este tipo de empreendimento, tanto no que diz respeito à conquista de um público mais amplo, quanto naquilo que se refere à forma e ao conteúdo transmitido. Nossa hipótese é a de que a formação escolar precária da maior parte da população do país e a falta de acesso da mesma a museus, cinemas, teatros, bibliotecas, entre outros, são fatores centrais que acabam por intimidar o receptor quando este se vê diante dos programas de conteúdo educativo e/ou cultural.


Palavras-chave


TV pública; Escolaridade; Recepção

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2008v5n2p203

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons